Categoria SEO

SEO Orgânico e Loja Virtual.

Entenda agora o que é e como identificar a persona da sua marca

Se você tem uma empresa, em algum momento você já se questionou sobre qual é o
público-alvo(persona) do seu negócio. Compreender quem são seus maiores clientes é fundamental
para o desenvolvimento da empresa e um melhor destino de verba para desenvolvimento de
produtos, e assim fidelizar ou adquirir novos clientes.

Contudo, é importante entender o que é persona para assim conseguir realizar o seu
próprio diagnóstico. Confira agora, neste artigo, como identificar a persona da sua marca!

O que é persona?

Persona é a representação fictícia do cliente ideal de um negócio, baseada, necessariamente, em dados reais sobre comportamento especificações e peculiaridades de negócio. A persona guia a criação e produção de todo o conteúdo de Marketing Digital da sua empresa.

Possuir uma base de clientes (por menor que seja) será a fonte perfeita para conquistar e trabalhar essas informações, mesmo que você tenha perfis diferentes de pessoas ou empresas que consumam o seu produto.

Importante ressaltar que a classificação não necessita de especificações sobre idade, sexo, religião ou região, pois deve ser trabalhada em cima dos hábitos de consumo, preferências pessoais, e conexões ao que sua empresa tem a oferecer.

Focar nos clientes insatisfeitos também é uma boa opção para entender quem é a sua persona. A partir destes clientes, é possível conseguir trazer bons números para serem lapidados e, assim, se conseguirá aprender e entender aonde sua empresa deve evoluir, além de ter percepções diferentes do seu trabalho e público alvo.

Público alvo e persona são a mesma coisa?

Apesar de parecer se tratar de um único assunto, público alvo e persona não são a mesma coisa, abaixo uma breve explicação da diferença entre eles;

Persona: Ana é solteira tem 26 anos, e é formada em odontologia e trabalhou por 5 anos em uma rede de convênio dentário. Hoje, tem como plano crescer no mercado não só no Brasil, por isso está buscando uma agência que, além de abraçar suas ideias, tenha espaço e plano de carreira no exterior para que ela consiga assim conciliar o avanço dos seus negócios com seu crescimento pessoal, além da sua incessante vontade de conhecer o mundo.

Público alvo: Adultos entre 24 a 35 anos, solteiros, renda mensal mínima de R$4000.00, pretendem evoluir profissionalmente e estão dispostos a viajar.

O público-alvo e a persona, podem até parecer muito semelhantes de cara, mas faz toda a diferença pensar em uma estratégia de marketing direcionada a Ana e a outra a um extenso público-alvo.

Importante ressaltar que não é necessário limitar-se a uma única persona. Caso você veja que tenha mais que um único segmento e pessoas distintas entre si para serem suas personas, não há problema. É comum que os negócios tenham mais do que uma persona definida, mas, claro, tente manter o foco sempre na que gera mais lucros.

Criar uma persona é crucial?

Sim, pois não ter uma persona é como não ter uma percepção sobre seu próprio negócio, sendo possível até se perder entre suas próprias estratégias e acabar oferecendo uma boa faca de cortes de carne para quem é vegano, ou até mesmo um plano odontológico na cidade de São Paulo para dentistas do Rio de Janeiro.

Aqui vão alguns motivos pelos quais a persona é crucial nos seus negócios:

⦁ Definir um padrão para seu conteúdo para cada tipo específico de cliente;
⦁ Desenhar novas estratégias de marketing para os clientes insatisfeitos ouvindo suas reclamações e sugestões;
⦁ Definir os tópicos sobre os quais você deve escrever;
⦁ Entender onde os clientes buscam suas informações e como eles querem consumi-las.

Questões que ajudam a definir uma persona

Criar uma persona,  pode, a princípio  parecer  uma tarefa difícil. Mas, sabendo as perguntas e seguindo as dicas certas, essa etapa fica mais simples do que se imagina.

Abaixo algumas dicas e perguntas de como criar esse perfil,

  • Que tipo de assunto ele tem interesse ?
  • Quais são as ligações em comuns que ele tem com seu segmento?
  • Qual seu nível de instrução? 
  • Quais seus desafios e obstáculos?
  • Que tipo de informações ele consome e por onde?
  • Quais são seus objetivos?
  • Avalie as características físicas de seu potencial cliente.

Depois, basta utilizar essas informações de uma forma produtiva para que toda ação e tomada de decisão sejam direcionadas àquele perfil.

Qual a importância de não seguir estereótipos?

Apesar de necessitar de todas as informações (inclusive pessoais) sobre o seu cliente ou até mesmo clientes em potenciais, é muito importante não seguir estereótipos e trabalhar com todas as variações que o mercado pode te oferecer.

Tome cuidado para não acabar se prendendo a informações irrelevantes ao invés de dados reais provenientes de estudos, gerando assim suas personas com base em  achismos e em ideais ultrapassados;

  • Não seja preconceituoso. Apesar de soar como óbvio, ainda existem muitas empresas que utilizam de estereótipos com o intuito de alcançar um número maior de clientes.
  • Pesquise sempre. Para conseguir novas estratégias e principalmente entender o momento e assim conseguir posicionar a sua empresa de forma correta. Por exemplo, nesse momento de pandemia muitas empresas mudaram as suas estratégias pela existência de um enorme problema social. Imagine que você tenha uma clínica odontológica que tenha como base principal a rede “dentista convênio” e durante todo esse processo a sua empresa não se mobilize e continue divulgando convênio odontológico empresarial, sem nenhuma mobilização de valores ou sem ouvir a opinião do seu público alvo. Muito facilmente você perderá os seus clientes e não terá uma boa imagem no mercado. Por isso, sempre faça uma pesquisa de mercado, para mudar suas estratégias.

Conteúdo produzido por Dayane Goes, redatora da empresa Ideal Odonto

5 primeiros passos para seu site aparecer no Google

A Plataforma para loja virtual é responsável pelo gerenciamento e visualização da loja virtual.
E vamos mostrar os 5 primeiros passos para seu site aparecer no Google como:  Criação e gerenciamento.


A  escolha de uma plataforma

A difícil escolha de uma plataforma para loja virtual que seja adequada
ao perfil do negócio é um dos passos mais importantes para o sucesso de
uma loja virtual.
A decisão certa ou errada, pode ser a chave para o sucesso ou o fracasso.

Tenha muita atenção aos 5 primeiros passos para seu site aparecer no Google e não pense que no
meio do caminho seja simples o processo de troca de plataforma.
Portanto invista seu tempo e conhecimento na fase inicial, a escolha do sistema.

Enviar um sitemap de seu site ao Google

Primeiramente que é um sitemap?

Sitemap é um arquivo que lista todas as páginas já criadas e que está ativas em seu site com a data
da ultima atualização, frequência das alterações da página URL’s relevantes.
Atuando como um mapa de todo o seu site.

Para criar seu sitemap você pode usar muitas ferramentas grátis, usando apenas a URL do seu site
e o processo é feito automaticamente.
Experimente essas ferramentas que já foram testadas e aprovadas:

– Online XML Sitemap Generator Free Online
– Google (XML) Sitemaps Generator
– XML Sitemaps Generator

Criar uma conta no Google empresa

Para criar uma página para sua empresa no Google+ escolha uma categoria na qual seu negócio se adéqua
como lugar, produto, marca, empresa, etc.
É muito importante que você preencha os dados corretamente na sua página, para que seus seguidores e
potenciais clientes possam te encontrar mais facilmente na rede social.

Configurar uma meta name e meta descrição em seu site

Existem algumas técnicas para o seu site aparecer no Google, e duas delas são essenciais: a criação de títulos de
páginas precisas e a utilização de Meta Tag descritiva. A Meta Tag nada mais é que o resumo do texto que irá
na página do seu site, contendo as palavras-chave.

É muito importante que o titulo do conteúdo que você ira desenvolver para o seu site seja muito bem pensado.
Ele deve transmitir o que o seu público alvo procura, de forma simples.

Criar uma fãnpage do Facebook para sua empresa

O Facebook tem mais de 70 milhões de usuários cadastrados no Brasil, sendo que o país possui um pouco mais
de 90 milhões de pessoas que acessam a internet todos os dias, estima-se que de cada 5 internautas,
4 tem cadastro na rede social.

Crie um perfil para se conectar com seus amigos. Uma Página serve para mostrar o seu negócio, conseguir fãs
e interagir com eles, pois criar uma Página no Facebook é muito fácil e gratuito.
Páginas permitem um número ilimitado de pessoas que você pode adicionar.
Os perfis pessoais têm um limite de 5.000 amigos. Com as Páginas você pode adicionar um número ilimitado
de pessoas que podem se tornar futuramente em potenciais clientes.
Os perfis ainda contam com as informações pessoais, como fotos de aniversários de família ou de seu animal
de estimação. Nas Páginas, há somente conteúdo estratégico sobre seu negócio.

DICA: Não misture conteúdo pessoal com profissional, você corre o risco de afastar os seus clientes em potencial.

SEO conteúdo, quantidade e qualidade
SEO conteúdo, quantidade e qualidade

SEO conteúdo, quantidade e qualidade, a informação disponível
deve ser suficiente. Não ache que o conteúdo do fabricante ou do
fornecedor basta. Muitas lojas virtuais oferecem na pagina de
informações do produto nada mais do que a descrição que aparece
na nota fiscal. Não é a maneira que um website vendedor deve se portar .
Outros usam o ”copiar e colar”, o que é ainda pior, pois pode trazer
erros de grafia, concordância, faltando pedaços e além disso,
lembe-se de que o Google não gosta de conteúdos copiados.
É preciso se diferenciar, no SEO conteúdo, qualidade e quantidade,
dar personalidade, envolver o leitor, descrever quase que poeticamente
e oferecer mais do que simplesmente informações técnicas.

Com o aumento nos custos das mídias digitais, o conteúdo será, cada vez
mais, uma parte importante da venda de produtos e serviços online.
O raciocínio que baseia a estratégia de conteúdo é apresentar o máximo
possível de informações sobre o assunto, o negócio, o nicho de mercado,
os meios de pagamentos , e explicar o que for necessário, para que a pessoa
não tenha de sair do ambiente da loja. Quem compra quer informação  e
precisa sentir-se confortável. É preciso ter capricho, ter gente para
” arrumar a vitrine”, preparar tudo para vender. Quando as vendas estão fortes,
porem, esse tipo de preocupação fica em segundo plano. Com o amadurecimento
do mercado, esses aspectos ganham importância.
Os pilares para esses conteúdos são:

⇒ Conteúdo Semântico
⇒ Conteúdo Social
⇒ Conteúdo Visual
⇒ Conteúdo Colaborativo

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce, Para quem está iniciando no comercio eletrônico, é primordial seguir com uma opção de estudo,
seja cursos, ou até mesmo alguns livros, então nossa equipe está disponibilizando aqui,
alguns livros de ajuda para o e-commerce, esperamos que ajude nos seus estudos sobre o E-commerce:

1- Nossa lista inicia com o excelente livro “Gerente de E-commerce” do Mauricio Salvador
O livro é uma base completa de toda operação de e-commerce, amplamente estudado, o livro descreve toda uma operação de e-commerce, por profissionais de cada área, lojistica, contabilidade, ti, usabilidade, marketing digital, marketing social, estrategia, web analytics, SEO entre outras, o livro é indicado para o profissional que deseja operar um E-commerce ou entrar no setor de gestão de E-commerce.

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

2- Segundo livro, escolhemos “A loja de tudo“, que conta um pouco sobre a historia da Amazon,
A leitura é excelente pois trata da maior empresa de vendas online do mundo, a Amazon,
conta um pouco sobre a historia da empresa e como Jeff bezos geriu toda estrutura do E-commerce
que vende de tudo, você entenderá um pouco sobre como negociar no E-commerce.

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

3- Nosso próximo banco de estudos é o “Satisfação Garantida” a empresa é conhecida,
como um dos maiores e-commerce de calçados do mundo, mas não é ai que pressiona,
mas sim sua incrível Cultura interna adotada como um dos seus pilares,
eles chegam a pagar 2 mil dólares para seus funcionários, em fase de testes, desistirem da vaga.
O slogan da empresa é – Uma empresa que por acaso vende sapatos.

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

4- Não poderia faltar o grande da jogada, “Como o Google funciona” O livro conta um pouco sobre
as historias internas da empresa e como algumas ações simples posicionaram o Google no topo das empresas
mais lucrativas e de maior prestigio no mercado mundial.
Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg contam segredos de ações e estrategias criadas e acompanhadas por eles
nos primórdios do Google. vale a pena cada dica!

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

5- Próximo da lista dos livros de ajuda para o e-commerce é o “Gestão de e-business e e-commerce
O autor Dave Chaffey,  trás sua visão esclarecendo toda uma implementação de E-commerce
uma leitura obrigatória para um gestor de e-commerce ou webmaster de uma operação e-business.
ele fala sobre todos assuntos que englobam o E-commerce em uma linguagem técnica.
Cada abordagem com seus conceitos e teorias.

Separamos alguns livros de ajuda para o e-commerce

4- Se você está entrando no mercado online, você precisa ler o o “A Cauda Longa”
Simplesmente indispensável para todo gestor de e-commerce o livro aborda de forma clara, objetiva
e assertiva o conceito da cauda longa.
A maneira de se pensar no seu negocio como um nicho rentável, em meio a milhares de lojas virtuais,
O livro lhe explica como é esse conceito, e porque utiliza-lo, muito importante na briga de gigantes
no mercado online, principalmente na briga de cliques pagos o livro de Chris Anderson
“A cauda longa” é de fato um livro indispensável.

Boa leitura!

5 empresas que são referências no atendimento online

Vemos muitas empresas se perguntando como entrar no mercado online, e como seguir
com o atendimento nesses canais novos, qual escolher? Whatsapp, Facebook, Twitter, chat online etc…
Para ajudar você, separamos 5 empresas que são referências no atendimento online e algumas dicas usadas já pelas próprias empresas.

5 empresas que são referências no atendimento online Magalu

Magazine luiza está entre as 5 empresas que são referências no atendimento online muito pela comunicação direta e informal de sua atendente virtual criada a alguns anos, a “Lu” ela está em todos os canais, e ela interage com os consumidores, ajudando-os a comprar, tirar duvidas, ela explica sobre os produtos através de vídeos, blog, e mídias sociais, divulga ofertas exclusivas através do aplicativo ‘Clube da Lu’ e retorna por e-mail também cada cliente.

Itau está entre as grandes empresas que atendem simultaneamente nas mídias sociais, e tem sido destaque no Twitter com feedbacks interativos e muito curiosos, como na troca de mensagens com usuários disponibilizando seu serviço, ou direcionando o atendimento correto para qualquer dúvida que o cliente venha a ter, tornando o Twiiter quase que um sac da empresa.

Netflix não se destaca apenas no serviço e qualidade de transmissão de videos online, mas está a tempos encantando clientes com seu atendimento dinâmico e direto, Eles são conhecidos por terem um excelente SAC, que oferece conteúdo de qualidade, produz filmes exclusivos e realizam pesquisas de satisfação de seus clientes, seja nas mídias sociais ou através de sua central de atendimento, a empresa é uma referencia no atendimento 3.0

Pontofrio de longa data tem se mostrado atento as mídias sociais, presente no Facebook, Instagram e principalmente no Twitter, no Twitter o ponto frio se destaca, pois tem presença forte e da ouvidos aos clientes e o que está acontecendo com a marca e seus concorrentes, já mostrou-se em vários posts no Twitter e tem um poder incrível nas outras redes sociais, destacando-se na comunicação com seu cliente.

Zappos  é uma das 5 empresas que são referências no atendimento online com diferenças no atendimento pelas redes sociais, ao contrario de seus concorrentes, a Zappos utiliza muito menos publicações padrões de vendas como promoções!, compra já!, aproveite! que são direcionadas a conversão do que os concorrentes, o atendimento Zappos se destaca pelos próprios valores da cultura interna da empresa, onde tirar um UAU! em uma ligação ou atendimento é uma meta!

Cada uma dessas empresas tem objetivos internos como uma estrategia de marketing, mas que de alguma forma, nos mostra que é importante estar sim, estarmos nas mídias sociais, ouvindo, atendendo e principalmente aprendendo com nossos clientes.

Dicas de marketing de conteúdo para SEO

Dicas de marketing de conteúdo para SEO, (otimização para sites de busca) SEO é um conjunto de técnicas que têm como objetivo tornar os sites mais amigáveis para os sites de busca, trabalhando palavras-chave selecionadas no conteúdo do site de forma que este fique melhor posicionado nos resultados orgânicos.

Começamos com textos simplificados para o usuário, uma boa aparência de conteúdo fica mais fácil de entender o seguimento e o que esta sendo vendido.

Alguns pontos a serem seguidos para um bom SEO na sua loja/site.

*Qualidade das informações
*Facilidade de leitura
*Facilidade para encontrar o conteúdo nas buscas
*Relevância e coerência do conteúdo em relação ao que foi buscado

Você precisa ter um objetivo, uma linha traçada, um ponto fixo de estrategias a serem seguidas

Suas principais características são:

*Relevância
*Mensurável
*Bom entendimento
*levar a uma ação positiva

Pesquisa de palavra-chave e otimizações on page

Palavras chaves são as primeiras a serem vistas pelo Google, a partir delas vem as relevâncias ao conteúdo descrito.
Procure repetir ao menos três vezes a palavra-chave no texto, mais fique atento, um volume excessivo de uma palavra-chave em uma página pode sinalizar ao Google uma técnica Black Hat chamada “Keyword Stuffing” ( várias palavras-chave no texto) O Google pode em casos extremos penalizar o site.
Juntando todas essas dicas e informações você já pode começar um bom conteúdo para seu site.  Aqui você encontra um conteúdo mais incorporado e explicativo para o seguimento de SEO, CONFIRA!

SEO, Otimização para sites de busca

SEO PRA QUE?

Melhorar o posicionamento orgânico de seu site com SEO, Otimização para sites de busca

Aplicar as técnicas de otimização para sites de busca é cada vez mais complexo e importante, você não precisa ter esse conhecimento avançado, mas precisa saber exatamente o que ele proporciona ao planejamento estratégico de seu negócio, como Marketing, Mídias Sociais, Comercial ou Vendas.

Aplicando Técnicas de SEO (Otimização para sites de buscas) em seu site, está gerando acesso baseado em termos procurados direcionados ao seu segmento(Produto), Trabalhar analisando sempre os termos de buscas utilizado pelos seus clientes, agindo sempre em busca das primeiras páginas do Google, dessa maneira, quando alguém buscar pela palavra chave de seu produto/ou serviço, maiores serão as chances de seu produto chegar até o cliente.

Todo processo de aprimoramento de seu site, são exclusivamente voltados a solucionar pontos básicos do SEO para qualquer site:

Entender qual é o seu público alvo!

Analisar, reconhecer e corrigir problemas em seu site!

Geração de conteúdo relevante de acordo com seu Segmento!

Análises Técnicas de programadores e sistemas avançados!

Relatório de desenvolvimento e desempenho!

O que você prefere?

Dedicar trabalho, estudo e investimento em conteúdo de relevância para seu projeto e trazer potenciais clientes até seu site ou pagar cada vez mais por cada clique recebido, e quando o orçamento terminar ficar sem acesso nenhum ao site?

Como funciona toda Consultoria?

Todo projeto SEO é baseado em:

Estudo do seu público alvo e produtoAnalise da concorrênciadescoberta e correção de problemas, criação de conteúdo relevante para seu site, Analise Técnica e relatório de desempenho completo.

O SEO efetuado, lhe proporciona novos visitantes potenciais, aumento de conversão, aumenta suas vendas, número de acesso ao site, assinante de Newsletter, ou sua outra métrica de planejamento estratégico.

Estudo do público alvo – A análise do perfil do seu cliente é necessária, detalhes como faixa etária, sexo, região ou até mesmo idade, são somente o início do processo, hoje é possível obter dados avançados dos clientes e assim entender qual o comportamento deles, traçar o funil de compra dos seus clientes é essencial para um bom projeto de SEO, dessa forma pode-se tomar uma ação como criação de um Blog ou um canal do Youtube por exemplo, para direcionar acesso relevante a seu site a partir desse conteúdo.

Problemas – A estratégia de SEO e as correções não podem ser feitas sem analisar os erros, para isso temos toda experiência profissional e ferramentas adequadas, tudo para vasculhar seu site captando e corrigindo erros minuciosamente, um profissional qualificado com experiência em E-commerce / e Marketing Digital e Social é responsável pela análise técnica, sempre relatando e detalhando as medidas de correções.

Analise – Uma análise é feita em todo site, seguindo pontos como: estruturação de dados, conteúdo, segurança, tempo de resposta de servidor, carregamento da página, acessibilidade, UX(Usabilidade), compartilhamento, conteúdo duplicado e design. Tudo acompanhado por um profissional capacitado que já enfrentou grandes problemas com diversas lojas virtuais e sites, e sabe a maneira mais adequada de agir.

Criação de conteúdo – Uma das principais fontes de geração de acesso e vendas na web é o conteúdo próprio, com o estudo efetuado em seu segmento e produto, são levantados dados como de onde surgiu o conteúdo relevante que levou seu cliente até você, daí é tomada iniciativa de geração de conteúdo em pontos estratégicos como Youtube, Redes Sociais, Blog ou até mesmo dentro de seu próprio site.

Resultados – O projeto de SEO é importante estar atento aos resultados, que são de médio a longo prazo, pois se trata de relevância considerável do mecanismo de busca, alcançada com o tempo, uma vez que o projeto esteja concluído, seu site será exibida por relevância de conteúdo nas primeiras páginas dos mecanismos.

O que será feito no projeto SEO, qual prazo?

Analise e execução dos dados do site – analise e correção no carregamento do site, analise em todo conteúdo já produzido no site, ajuste na navegação interna do site(menu e páginas internas), otimização na acessibilidade do site, otimização no compartilhamento do site, compatibilidade móvel.

SEO de serviços/produtos – Definição de principais produtos, criação de meta-tag, meta-name, meta-description, checagem e correção para dados estruturados, analise e correções de palavras chaves para cada item.

Conteúdo do site – Criação de conteúdo páginas e menu principalconteúdo páginas institucionais, conteúdo categorias do site, Semântico H1,H2,H3,H4… estudo de palavras chaves, estudo da concorrência.

Analise e correção – Analise em avaliações (palavras chaves, tempo de navegação, aceitação do seu público ao conteúdo),

Arquitetura de página completa (servidor, URLs, desempenho do site, robots.txt, sitemap.xml, links internos e externos)

Concorrência (analise nos concorrentes, avaliação de itens importantes, ações tomadas conforme mercado),

Conteúdo (Acompanhamento de suas metas-tags, description e name no site, no HTML e usabilidade do Layout )

Link building – Guest post, Rewiews, Analise de links externos e internos.

Relatórios – Relatórios voltados para acompanhamento de indicadores de projeto, analise de aumento de resultados orgânico, monitoramento de suas palavras chaves ao longo do serviço, analise em conversões oriundas da busca orgânica, mais detalhes elaborados junto ao projeto online.

Alguns Resultados obtidos –  Aumento de conversão (pedidos, contratos, cadastros, contatos, fãs etc…) diminuição a taxa de rejeição de seu site, ser referência ao seu conteúdo/produto na web, aumento de acessos ao site, entrega de conteúdo relevante em alto nível(o que realmente o usuário procurava), melhor experiência do usuário em seu site, presença online relevante para diferentes plataformas como Google pesquisa, Google maps, Youtube, Google serviços e Google Shopping.

Prazo – O prazo de entrega do projeto pode variar de 6 meses a um ano, dependendo exclusivamente da quantidade de conteúdo de seu site, faça uma consulta comigo…

Qual a importância do SEO? Porque preciso iniciar o quanto antes?

Desde o início dos mecanismos de busca como Google, Bing, Yahoo ou ASK, as coisas mudaram muito rapidamente nesse mercado, como em tudo na internet, literalmente hoje quem manda é o consumidor, o Próprio Google nos ensina isso, quando direcionou seu serviço aos consumidores e não as empresas, no seu início o Google Pesquisas chegou em um caminho de suas estradas, uma delas levava a favorecer as empresas e coloca-las melhor posicionada em sua página por um custo, o que iria desfigurar completamente sua página de pesquisa por valores pagos, o segundo caminho que parecia louco seria, fortalecer seu mecanismos em tecnologia e entregar melhores resultados focados em usuários e não em empresas, como já sabemos o resultado se deu nisso:

SEO, Otimização para sites de busca

Uma página simples, com uma pequena ação, que retorna um resultado em milésimos de segundos, e que algumas vezes parece “MAGICA!” Fantástico não? Diriam que era loucura a anos atrás.

Então… realmente é isso que é SEO, em poucas palavras é entregar resultado relevante direcionado a quem pesquisa.

Hoje os mecanismos se multiplicaram e todos dependem de diretrizes criadas pelo próprio Google, que tem algoritmos para calcular qual é a melhor pagina que deve ser direcionada quando determinado usuário pesquisa, então, o quanto antes você melhorar seu conteúdo, melhor estará aos olhos de todos mecanismos como Google Pesquisa, Google Maps, Youtube, Google Empresa, Google Imagens entre outros.

Faça um orçamento do projeto de SEO de seu site com um profissional capacitado.

Solicite aqui

Orçamento e serviços

O projeto é criado online, onde você cliente terá todo acompanhamento com relatórios e análises de crescimento. Um contrato de serviço é encaminhado em anexo ao fechamento do contrato.

Como saber em que redes sociais sua marca deve ter perfis

Como saber em que redes sociais sua marca deve ter perfis, Atualmente, o Brasil possui 71% de sua população conectada à internet, o que representa 150,4 milhões de indivíduos. Os dados são do relatório Data Reportal e mostram também que a influência das redes sociais na vida das pessoas é grande: 140 milhões de brasileiros são usuários ativos desses sites e aplicativos.

Nesse cenário, se você pensa em como criar uma loja virtual ou já tem seu e-commerce, precisa considerar sua presença nas redes sociais. Não é por isso, no entanto, que você deve sair criando páginas e perfis em todas elas.

Para que sua estratégia possa ser bem executada, é preciso analisar bem em quais redes sociais sua empresa vai estar. Por isso, ao longo deste artigo, vamos conhecer as principais características de cada uma, além de fatores a se considerar antes de, finalmente, fazer sua escolha. Vamos lá?

Características das principais redes sociais

Os brasileiros, conforme o estudo Data Reportal, possuem, em média, 9,4 contas nas diferentes redes sociais. É uma diversidade grande, então vamos conhecer algumas das principais redes.

YouTube

Utilizado por 96% dos brasileiros entre 16 e 64 anos, o YouTube é a rede social de vídeos. Os formatos encontrados no site são os mais variados, desde pequenas pílulas de 30 segundos até vídeos ao vivo de cursos, com algumas horas de duração.

Facebook

Com 120 milhões de usuários no Brasil, o Facebook é a segunda rede social mais utilizada por aqui. Seu público é composto por 54,1% de mulheres e 45,9% de homens.

Entre as funcionalidades que o Facebook permite, estão a criação de uma página da sua marca, a postagem de fotos, vídeos e enquetes, além da publicação de anúncios.

Apesar de ter perdido 10 milhões de usuários no último ano, o Facebook ainda fica atrás apenas do YouTube no Brasil.

Instagram

Inicialmente o queridinho do público jovem, o Instagram vem conquistando cada vez mais o público e prova a influência das redes sociais na vida das pessoas. Hoje, são 77 milhões de usuários que podem postar e ver fotos, vídeos e Stories.

Além disso, existe a possibilidade de vender diretamente pelo Instagram por meio da função Shopping. Com ela, você pode expor seus produtos na rede social, além de colocar as etiquetas de preço e links para sua loja virtual pelo próprio sistema.

Dependendo da plataforma de e-commerce que você utilizar, é possível integrar sua conta do Instagram à sua loja virtual. Assim, é possível gerir todos os pedidos em um mesmo painel.

Twitter

O Twitter é uma rede social bastante dinâmica, em que as postagens, de 280 caracteres, devem acompanhar as tendências do momento. Esse é um ótimo ambiente para estar em contato direto com os potenciais clientes.

No Brasil, são 12,15 milhões de usuários, sendo que 62,9% são homens. Conforme informações da Omnicore Agency, 37% dos tuiteiros no mundo têm entre 18 e 29 anos e 25%, de 30 a 49.

LinkedIn

Conhecido como a rede social profissional, o LinkedIn conta com 39 milhões de brasileiros cadastrados. Em geral, sua utilização é recomendada para negócios B2B (Business to Business, ou seja, que vendem produtos para outras empresas), além da venda de cursos, por exemplo.

Pinterest

O Pinterest é uma rede social muito focada em imagens. Por isso, ele é recomendado para empresas cujos produtos têm bastante apelo visual e cujas fotos podem inspirar as pessoas. No Brasil, ele não tem tanta força, mas 40% dos usuários da internet entre 16 e 64 anos costumam utilizá-lo.

TikTok

Rede social do momento, especialmente na China e nos Estados Unidos, o TikTok tem como principal característica ser um app para postagem de vídeos curtos e divertidos, como dublagens e danças. Por aqui, ainda não é tão utilizado, com 14% de penetração entre o público de 16 a 64 anos, mas devemos observar um crescimento dessa rede social nos próximos anos.

O que considerar antes de escolher

Agora que já conhecemos algumas das principais características de cada uma das principais redes sociais, hora de saber que fatores você deve avaliar antes de tomar sua decisão. Afinal, apesar de parecer uma boa ideia estar em todos os lugares, é preciso pensar seu plano de marketing estrategicamente.

Trabalho demandado

Melhor do que estar em todas as redes sociais sem seus perfis ativos, é conseguir utilizar muito bem sua conta em uma delas. Portanto, considere o trabalho e os custos que gerir bem uma conta pode te demandar.

Você deve levar em conta não apenas os recursos necessários para as postagens, mas também para produção e edição de fotos vídeos, além da análise de métricas das suas iniciativas. Arque apenas com aquilo que você e sua equipe podem dar conta!

Comportamentos da sua persona

Outro elemento que vai nortear a escolha das suas redes sociais é o perfil da sua persona, ou seja, do seu público. Se seu público é composto, por exemplo, de jovens que se interessam pelo universo pop, o Twitter pode ser uma boa rede social para seu negócio. Já o LinkedIn, nesse caso, pode não ser uma boa ideia.

Por isso, para vender pela internet, busque conhecer seu público a fundo, incluindo seus hábitos na internet, suas redes sociais preferidas e tipos de conteúdo mais consumidos. Assim, você consegue direcionar seus esforços em uma estratégia que, certamente, vai atingir seu potencial consumidor.

Funcionamento de cada rede social

Por fim, não adianta ter contas em redes sociais com dinâmicas totalmente diferentes e postar o mesmo conteúdo em todas elas. Isso passa uma imagem de pouco cuidado em suas publicações.

Por isso, é preferível que você esteja em menos redes, mas entenda muito bem o funcionamento das que você criar perfis. Assim, suas postagens terão maiores chances de engajamento, pois estarão de acordo com os interesses dos usuários.

Conclusão

Agora que já sabemos como a influência das redes sociais na vida das pessoas é grande, as características das mais importantes no cenário brasileiro e o que você precisa observar em sua estratégia, já sabe como escolher onde criar seus perfis. Então, está pronto para colocar a mão na massa?

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!

E-mail Gravatar: victoria.salemi@nuvemshop.com.br

Dicas de SEO para melhorar o ranking do seu site

Índice [Ocultar]

SEO é uma ferramenta de otimização que visa a classificação das paginas de busca do Google. Utilizando técnicas e estratégias especificas, faz que seu site cresça na classificação de buscas na web. Possibilitando mais trafego em seu negócio. Contudo, para aqueles que querem maior publico a sua empresa, não basta só estar presente na internet. Tenham em mente que você precisa seguir algumas dicas de SEO para melhorar o ranking do seu site. Portanto, fazendo que alcance as primeiras páginas do Google. Seguindo as dicas e fazendo um SEO excelente, você tem mais chances de ter um maior desempenho ao seu site. Com a concorrência digital aumentando cade vez mais, você deve se manter sempre atualizado. Pois então, veja algumas das nossos dicas a baixo!!

Conteúdo para o SEO

Apresente um conteúdo de qualidade em seu artigo, uma das dica mais importante no SEO. Portanto, desenvolva um texto de no mínimo 300 a 500 palavras. Lembrando que o conteúdo tem que ser relevante ao seu título. Contudo, tenha um artigo versátil de fácil leitura. Mas sempre visando a busca do leitor referente ao titulo. Assim ele permanecera em seu site, o que eleva sua classificação no Google. Procure não cometer erros ortográficos, também escreva o mais legível possível.

Palavra-Chave no Desenvolvimento 

Ter a Palavra-Chave no titulo e URL do artigo, ajuda ao leitor a identificar o conteúdo. Entretanto produza um texto que apareça no mínimo três vezes sua Palavra-Chave. Faz que o Google entenda que sua Palavra-Chave é a mais relevante na página. Porém, cuide para não se exceder ao aplicar a Palavra-Chave, caso contrario o Google pode identificar como spam. Sendo assim, faz que perca relevância na web. Portanto siga cuidadosamente as dicas de SEO para melhorar o ranking do seu site.

Imagens e legendas 

Ilustre ao longo do artigo imagens referente ao assunto. Realizando essa dica você pode conquistar o leitor por apresentar um artigo dinâmico deixando mais claro o assunto. Importante saber que ao por uma imagem em seu artigo, você pode estar botando sua palavra-chave em seu título e subtitulo. Importante lembram que é uma dicas de SEO para melhorar o ranking do seu site.

Descrição do Post

A descrição do post, podemos se referir á ela como uma brevia do artigo que é exibida a baixo do titulo nos resultados de busca do Google. Pois bem, ela deve ser um resumo curto com um máximo de 160 caracteres, mas que mostre com clareza o que se fala no post ou artigo apresentado. Além de deixar mais claro o tema do seu artigo, a descrição faz que chame mais atenção do publico-Alvo.

Adicione links ao texto

Outra dicas importante de se ressaltar é sobre incluir links de seu site no decorrer do desenvolvimento do artigo. Que no entanto, ajuda a ganhar mais acesso as suas paginas internas, além de influenciar na classificação das informações contidas na pagina.

SEO Orgânico e Loja Virtual.

Você sabe o que quer dizer SEO Orgânico? E a importância dele em sua loja virtual?

SEO, traduzido, quer dizer Search Engine Optimization, ou “otimização para mecanismos de busca”. Então,  SEO são estratégias que possibilitam um bom posicionamento em sites de busca, de forma natural (orgânica).

Alguns anúncios em sites de busca são pagos,  portanto lhe possibilitam uma melhor posição.  Todavia, com boas estratégias e ferramentas certeiras, você poderá conseguir  um bom posicionamento nas buscas sem precisar investir muito.  Afinal tudo é feito de forma intuitiva.
Dessa forma parece a “receita perfeita”, não é mesmo? Quer saber como? Acompanhe nossa postagem a seguir.

SEO e Comércio Eletrônico.

Os sites de buscas se tornaram um grande aliado para quem possui um negócio na internet. Afinal, ele  possibilita que o cliente seja atraído para a sua loja virtual, com apenas alguns cliques.  Assim  você conquista o cliente por intermédio de suas estratégias.

Muitas plataformas de comércio eletrônico procuraram se adequar a esta realidade. Assim também, muitas funções foram implementadas para ajudar em um bom posicionamento, na hora que o cliente busca pelo seu produto.

Os sites e lojas virtuais, em geral, querem estar bem posicionados no buscador mais cobiçado: o Google. Sob o mesmo ponto de vista, por ser muito utilizado, estar com um bom posicionamento no Google é, em muitos casos, sinônimo de clientes e vendas.

Como conseguir um bom posicionamento orgânico?
A Google deu alguns parâmetros para isto, em suma, algumas configurações devem ser feitas, quando possível, são elas: url´s amigáveis, meta-tags, palavras chaves e etc. Ou seja: em conclusão, são muitas funções que, juntas e bem configuradas, ajudarão numa boa indexação.

De antemão, uma das plataformas de comércio eletrônico que está investindo nisto é a Xtech.
A princípio,  uma das ferramentas que a Xtech liberou para auxiliar em um bom rankeamento é a função de páginas.   Então, de acordo  com a nova ferramenta é possível criar um blog e inserir páginas nele. Dessa forma, você cria artigos, preenche as funções disponibilizadas e sai na frente para uma boa indexação.

Observe que  no campo de edição, você encontra ferramentas que atendem aos critérios do Google e, por isto, devem ser preenchidas corretamente.  Assim, a possibilidade de ter um bom rankeamento certamente cresce à medida que os critérios são preenchidos.

A importância do blog no seu negócio.

Como um artigo pode impactar no seu rankeamento?
Antes de mais nada, digamos que o produto que você comercializa seja sapatos masculinos. 

Posteriormente, você elabora uma postagem dando dicas de como engraxar os sapatos sociais, por exemplo. Assim sendo, cita os produtos que podem ser usados, os que são prejudiciais, como guardar o sapato após lustrar e etc.  Logo depois você preencherá todas as funções que o sistema da Xtech lhe fornece, tais como: keyword, meta-tags… 

Afinal, após um período, estipulado pelo Google,  a sua postagem será indexada. Nesse ínterim, cabe um adendo aqui: os robôs do Google passam periodicamente nas páginas e de acordo com as diretrizes estipuladas por eles, as páginas que estiverem dentro dos critérios, serão bem posicionadas.  É provável que, com um texto bem elaborado e usando os critérios, a sua página seja bem posicionada.

Quanto mais uma palavra ou termo for buscado, e o clique for direcionado a uma determinada página, mais bem posicionada ela (a página) ficará – visto que a quantidade de cliques determina a quantidade de visitas e de interesse por parte de quem pesquisou. Isto é,  além de conseguir um bom posicionamento, você mostrará que entende do que aborda e que poderá ajudar, caso o cliente precise.

Dentro da sua postagem, você poderá fazer um link com os seus produtos bem como , com a sua loja virtual. Assim, o seu cliente chegará até você através de sua postagem, afinal, além de encontrar as dicas que ele procurava, assim também encontrará os produtos que precisa.

Está é uma boa sacada: falar sobre aquilo que se têm conhecimento, gera confiança e confiança gera clientes fiéis. 🙂
Em suma; atente-se a todas as ferramentas que a internet lhe oferece. Dê preferência àquelas que lhe garantirão um bom retorno. De acordo com o seu engajamento, a sua loja terá o sucesso que você espera.

Você conhece o site da Xtech? Não? Então clica aqui para ser redirecionado.

Fale Conosco